quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Arrábida - Serra Mãe


A história desta Serra remonta a tempos antigos. A presença romana encontra-se largamente documentada. Existiram lugares habitados do Portugal romano em localidades circuvizinhas, e na própria Serra da Arrábida veêm-se ainda numerosas cetárias, onde se fazia a salga do peixe e do marisco.

O domínio árabe está assinalado na designação da Cordilheira, que segundo a interpretação mais aceite, siginifica um "Convento Fortificado", ou "Rebate", onde os monges guerreiros, tal como sucedia entre os cristãos, se exercitavam na arte da guerra sob a égide religiosa.

Para além do seu adimirável aspecto paisagístico, a Serra da Arrábida possui outros atributos, dos quais botânicos e zoológicos têm um interesse cientifico excepcional quer pela sua persistência de núcleos de vetetação natural quer pela existência de espécies animais e vegetais, algumas das quais exclusivas da região.

A Serra tem, ainda, um notável interesse arquitectural, devido á presença de um pequeno Convento Franciscano invulgar e também por diversas edificações existentes na encosta.
Arrábida possui um tradição de cultura, atraindo desde sempre, intelectuais, poetas e eremitas que se inspiravam no silêncio e na contemplação da extraordinária beleza do local.

Nenhum comentário: