quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Casa do Corpo da Guarda


Mandado construír por João Nunes da Cunha nos de 1650, foi remodelado ao mesmo tempo que o edifício camarário, no reinado de D. João V (devido ás danificações causadas pelo terramoto de 1755).

Albergou soldados, funcionando como Posto Militar e dependência do Distrito de Recrutamento Militar até 1993.Em termos estéticos: é um edifício de dois pisos comportando arcos de volta perfeita, sendo que o ritmo e a escala das aberturas do seu pórtico e das janelas do primeiro andar revelam equilíbrio harmonioso que o tornam, apesar das suas modestas dimensões, um dos edifícios mais nobres da Praça do Bocage.

Contíguo a esta construcção encontra-se desde 1738, um dos muitos Passos da Procissão da Paixão dispersos pela cidade. Esta construcção sucedeu a uma capela anexa ao edifício, que tinha como orago Nossa Senhora da Conceição.

Quanto á sua autoria, suspeita-se de um Arquitecto da época pertencente á Ordem de Santiago: João Baptista Barré.

3 comentários:

Victor Nogueira disse...

Viva
Descobri o seu blog ao procurar notícias na sequência da descoberta do pavimento dum edifício romano na Baixa de Setúbal.
Tomei a liberdade de reproduzir em http://galeriaphotomaton.blogspot.com/
2008/04/setbal-esconde-cidade-romana.html
o post sobre Setúbal romana. Se não concordar, riro. Independentemente disto acrescentei o seu blog a esta lista http://aoescorrerdapena.blogspot.com/
2008/03/blogs-setubalenses.html e pode encontrar posts sobre Setúnal nos meus blogs aqui http://kantoscriptoriumindex.blogspot.com/2008/03/
deambulando-por-setbal.html
Um abraço e os meus parabéns pelo seu blog
Victor Nogueira

igiul disse...

Bom dia,

onde se situa este edifício?

Sara disse...

Eu sempre gosto de ir a esses lugares, é claro que eu gostaria de conhecer novas culturas e história, mas acima de tudo, não há outra maneira de aprender a história dos lugares que é com comida, espero visitar restaurantes em sp