quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Setúbal Islâmico


A conquista da península de Setúbal e do vale do Sado pelos exércitos islâmicos, (árabe e berbere), comandados por Abdalziz, terá ocorrido entre os anos 712 e 715. Os defensores cristãos, em minoria, não terão dificultado a acupação das cidades de Alcácer do Sal e Santiago do Cacém.
Terminada a conquista da Península Ibérica e consolidado o domínio das cidades é fundada em 756 a dinastia Omíada que a partir de Córdova, elevará a civilização Al-Andaluz (Península Ibérica Muçulmana) a um elevado prestígio. O Al-Garb -Andaluz (o ocidente da Península Ibérica) ficou sujeito á província de Badajoz, Silves e Mértola.
No reino de Badajoz, chefiado pela família Banus L-Aftas, dominara as terras entre o rio Douro eo vale do Sado. Alcácer do Sal era o principal castelo e centro urbano deste reino, na costa atlântica a sul do Tejo. As guerras e rivalidades entre o reino de Badajoz e os reinos vizinhos de Silves, Mértola e Sevilha, facilitaram o avanço cristão para o Sul e em 1085, Afonso VI de Leão e Catela conquistou Toledo e aproximou-se de Badajoz e Sevilha.

Os chefes dos reinos taifas solicitaram auxílio ao Emir Almorávida de Marraquexe, Yusuf B. Tasufim que conseguiu conter a ofensiva cristã. Aproveitando o prestígio alcançado criou um Império que abrangia todos os territórios islâmicos da Península Ibérica e Marrocos.Esta nova realidade provocou a exaltação da fé islâmica e intolerância religiosa.

A morte do Emir inícia o declínio do Emirado Almorávida. No Al-Garb Al-Andaluz, os governadores de Mértola, Beja e Silves aproveitaram o declínio do Emirado Almorávida e tornam-se autónomos em 1144, iniciando um novo período de reinos taifas. Com o passar dos tempos começaram a surgir rivalidades e guerrass entre estes reinos taifas, que foram aproveitadas, e muito bem pelo Reino de Portugal (a norte) e o Califado Almoada (a sul).

Em 1147, o primeiro Rei de Portugal, conquistou as castelos de Almada, Sesimbra e Palmela. No ano 1157 caem Beja e Santiago do Cacém, seguidos de Alcácer do Sal. Em 1190, o califado Almoada Al-Mansur lançou uma grande ofensiva que conduziu á reconquista dos castelos ao rei de Portugal, então D. Sancho I.

Sendo reconquistados nesta ofensiva, os Castelos de Santiago do Cacém, Alcácer do Sal, Sesimbra, Palmela e Almada. Em 1200, o exército de D. Sancho, retoma os castelos perdidos anteriormente

Nenhum comentário: